Menu

Militar dos EUA que matou Bin Laden é acusado de interesse comercial durante serviço, diz site

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

O site investigativo The Intercept informou nesta terça-feira (19/01) que Matt Bissonnette, o ex-Seal que matou Osama Bin Laden e depois escreveu um livro sobre a operação que levou à morte do então chefe do Al Qaeda, está sendo investigado a nível federal.

A investigação pretende determinar se ele utilizou sua posição como comandante de uma equipe de elite da marinha norte-americana apenas para benefício próprio, afirmaram fontes ao site.

Adm.-William-McRavenBissonette, que escreveu o best-seller “No Easy Day” (“Não Há Dia Fácil”), já estava sendo investigado pelo Departamento de Justiça e pela Marinha por revelar informações confidenciais. A própria publicação do livro, em setembro de 2012, já havia quebrado o código de sigilo que os Seals são obrigados a assinar quando se juntam à equipe.

O Intercept conseguiu entrevistar o advogado de Bissonette, Robert Luskin. Ele afirmou que a investigação a respeito dos documentos confidenciais vazados se encerrou em 2015, devido a um acordo com o Pentágono e o Departamento de Justiça, que determinou a entrega de alguns dos milhões de dólares que Bissonette lucrou em cima de seu livro.

No entanto, durante este primeiro processo, o ex-militar entregou voluntariamente uma cópia de seu hard-drive para que não o acusassem de posse ilegal de material confidencial.

Nele, os investigadores encontraram e-mails e outros registros indicando que Bissonette estaria trabalhando como consultor de empresas que fornecem material militar durante o período em que estava a serviço do Exército dos EUA. O HD também continha uma foto não autorizada do cadáver de Bin Laden.

141107_gma_raddatz1_16x9_992

Assim, o Serviço de Investigação Criminal da Marinha (NCIS, sigla em inglês) deu início a um novo processo, que também investiga as empresas favorecidas pelo militar. As companhias são a Element Group, que Bissonette ajudou a montar e da qual fazia parte, e a Atlantic Diving Supply (ADS). Ambas fizeram negócios com a Equipe 6 da Seal, à qual pertencia Bissonette.

Lane Mello
Fundador e Editor da Fatos Militares. Jovem mineiro, apaixonado por História, futebol e Games, Dedica seu tempo livre para fazer matérias ao site.

Facebook

Bravulink

Cupom de 10% de desconto em todas as compras : fatosmilitares

M.Books