Josef Mengele conhecido como anjo da morte, foi um médico alemão que serviu a Hitler como oficial da SS. Em Auschwitz, realizou cruéis experiências com seres humanos, a maioria crianças, e ajudou a escolher quem iria para as câmaras de gás, recebendo o apelido de Anjo da Morte.

Após a Segunda Guerra Mundial, o médico passou por alguns países, até ser acolhido na Argentina, onde permaneceu por algum tempo até que seu companheiro Adolf Eichmann foi localizado em Buenos Aires por agentes do Mossad. Josef Mengele fugiu para o Paraguai e depois para o Brasil, onde viveu com uma nova identidade: o austríaco chamado Wolfgang Gerhard. Ele morreu em 1979, na cidade de Bertioga, em São Paulo.

Em 1985, seus ossos foram exumados e testes do Instituto Médico Legal e da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo apontaram que Wolfgang era mesmo o Anjo da Morte. A tese ainda foi confirmada em 1992, com um exame de DNA.

Experiências Fatais de Josef Mengele
Experiências Fatais de Josef Mengele

Josef Mengele recebeu diversas horarias pelo Governo Nazista, tais como: Cruz de Ferro (1ª e 2ª Classe) Cruz de Mérito de Guerra (2ª Classe com Espadas) Medalha do Fronte Ocidental Distintivo de Ferido Decoração do Bem Estar Social Divisa Honorária pela Velha Guarda.