Durante o Terceiro Reich, Hitler ordenou a criação de diversas armas, algumas delas não saíram do papel ou simplesmente não foram produzidas em larga escala. Outras porém, acabaram sendo aperfeiçoadas pelos aliados nos anos seguintes.

Nesse primeiro artigo sobre as Armas secretas de Hitler, iremos falar sobre o canhão Schwerer Gustav. Vejam:

Schwerer Gustav é um canhão ferroviário desenvolvido no final dos anos 30 pela Alemanha nazista. Com um peso de 1344 toneladas e 47,3 m de comprimento, podia dispara um projetil de 7 toneladas á uma distancia de 37 KM.

Em fevereiro de 1942, Gustav foi levado  por um trem de 25 vagões com destino á Crimeia para participar do cerco a Sebastopol durante a Operação Barbarossa.

Depois que Gustav chegava à localização de onde partiria o ataque, eram necessários 500 soldados para montar e operar o canhão.

Conheçam as 6 armas de fogo mais estranhas da história

O cerco a Sebastopo foi o primeiro teste em combate do canhão; que em maio iniciou-se o posicionamento e em 5 de junho ele estava pronto para disparar. Nesse dia o canhão disparou catorze projéteis contra os Soviéticos, ao todo foram disparado 48 projeteis.

Para recarregar e posiciona esse “Monstro” demorava cerca de 30-45 minutos.

No fim dos ataques, a cidade de Sebastopol estava em ruínas. O cano original do Gustav ficou desgastado e teve que ser substituído por um cano reserva, na qual foi levado para o norte de Leningrado. O canhão foi posicionado a cerca de 30 km da cidade, entretanto, o ataque foi cancelado. Posteriormente ele foi reconduzido à Alemanha para reparos na fábrica Krupp.

pesado Gustav

Em abril de 1945 o canhão foi destruído pelos alemães para evitar sua captura, seus destroços foram encontrados pelos aliados em uma floresta a 15 Km do norte de Auerbach.

Conheçam: Gotha Go 229 – Armas secretas de Hitler

Gostou desse primeiro episodio sobre as Armas secretas de Hitler ? Compartilhem com seus amigos e comentem sobre o tema !