Força Aérea Brasileira (FAB) busca adquirir mais caças Gripen, bem como treinadores avançados. Disse o tenente brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, comandante da FAB,a IHS Jane.

A FAB esta atrás de olho em uma compra futura de cerca de 50 aviões além dos 36 do atual programa F-X2, para substituir os caças F-5EM e os AMX que devem ser retirados de serviço ao longo dos próximos 10 anos. Essa oportunidade acabará por envolver uma competição internacional aberta aos licitantes interessados, disse o Brigadeiro Rossato.

caças Gripen

A FAB também está considerando uma aeronave de treinamento avançado, de acordo com Lt Brig Rossato. Nenhuma decisão foi feita, mas estudos estão em andamento para estabelecer o esforço. Aircraft desenvolvido para o programa da Força Aérea os EUA TX treinador pela Boeing / Saab e Northrop Grumman poderia competir, assim como Lockheed Martin / KAI T-50 Golden Eagle, de Leonardo M-346, Textron AirLand Scorpion, BAE Systems Hawk AJT, Irkut Corporation Yak -130, AERO Vodochody Aerospace L-159, e muito mais. Além dessa formação, essa aeronave também pode funcionar em um papel de apoio aéreo próximo (CAS).

O caças Gripen NG, foi uma ótima escolha para o pais tendo a compra de 36 aeronaves (28 single-sede e oito twin-sede)que  foram encomendados em 2014 por cerca de US $5 bilhões para atender a Força Aérea. As entregas do Gripen estão previstas para 2019-24.

Traduzido por: Fatos Militares