O Jovem dinamarquês Daniel Kristiansen, de 14 anos, junto com seu pai, Klaus, descobriram, na fazendo onde vivem, os destroços de um avião da Segunda Guerra Mundial, juntamente com o cadáver do piloto.

De acordo com a emissora pública “Danmarks Radio”, quando era criança, o agricultor Klaus Kristiansen ouviu do avô que em novembro de 1944, um avião da Segunda Guerra Mundial, tinha caído perto da área pantanosa, na fazenda da família.

A descoberta aconteceu em Birkelse, no norte da Dinamarca. “Fomos andando pelo campo com um detetor de metais. Esperávamos encontrar alguns objetos antigos para que Daniel pudesse mostrar na escola”, disse Klaus à CNN.

Depois de algum tempo de procura, o detetor de metais começou a fazer um “bip” surpreendendo a dupla, que começaram a cavar.

Começaram a cavar com pás, mas não foi suficiente. Então, pediram uma escavadeira emprestada de um vizinho e, entre quatro e seis metros de profundidade, encontraram a carcaça de um avião Messerschmitt alemão, os ossos do piloto e munição da Luftwaffe.

“Primeiro entramos fragmentos de metal, mas depois começaram a vir pedaços de roupa e ossos. Foi como abrir um livro”, acrescentou o pai de Daniel.

O Diretor do museu local, que agora detém os pertences do piloto e os destroços do avião, acredita que conseguirá em breve identificar o piloto do caça.

Klaus Kristiansen, afirmou, espera que os familiares do piloto possam ser localizados. “Talvez ele possa ter um funeral”.

A embaixada alemã já foi informada da descoberta.