Cerca de 150 militares norte-americanos chegaram nesta quarta-feira (27) à cidade de Rumeylan, controlada pelos curdos e localizada no nordeste da Síria, informou ao site Sputnik uma fonte ligada às forças de segurança do país.

 

Mais cedo, o vice-assessor do presidente dos EUA para segurança nacional, Ben Rhodes, confirmou a decisão de Obama de enviar outros 250 militares à Síria para ajudar seus aliados locais a combater o grupo terrorista Estado Islâmico.

“Chegaram 150 soldados americanos. Alguns vieram em helicópteros para o aeroporto de Rumeylan, outra parte parte veio pelo Iraque. Entre eles há instrutores e agentes de serviços especiais dos EUA. No momento eles estão agora sob a proteção das Asayish” – disse a fonte.

Foi informado ainda que parte desse grupo de militares americanos partiu em direção ao norte da província de Raqqa.Na terça-feira (26) o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest, revelou que o presidente dos EUA, Barack Obama, irá considerar o envio de mais tropas ao Oriente Médio caso a mais recente missão de cerca de 500 pessoas enviada ao Iraque e à Síria der bons resultados.

Fonte: SputNik