Durante uma patrulha próximo a Montese, Três soldados lutaram bravamente contra uma companhia alemã inteira e morreram como Heróis ! Conheçam Os Três Heróis Brasileiros:

Em 14 de abril de 1945, durante uma patrulha nas proximidades do Montese, três soldados Geraldo Baêta da Cruz, então com 28 anos, natural de Entre Rios de Minas; Arlindo Lúcio da Silva, de 25, de São João del-Rei; e Geraldo Rodrigues de Souza, de 26, de Rio Preto, Os três heróis serviram a 11.º Regimento de Infantaria Expedicionário e morreram como heróis em Montese, Itália, palco de uma das mais sangrentas batalhas do conflito com a participação da FEB

cm_treshorois_04

Integrantes de uma patrulha, os três pracinhas mineiros se viram frente a frente com uma companhia alemã inteira. Receberam ordens para se render, mas continuaram em combate “até o último cartucho”, como se diz no alojamento. Metralhados em 14 de abril de 1945, receberam, em vez da vala comum, as honras especiais do exército alemão.

cm_treshorois_03

Um Pouco sobre Cada um :

ARLINDO LÚCIO DA SILVA, nasceu nesta cidade, em 12 de fevereiro de 1920. Era filho de Maria Cipriana de Jesus e de João Olímpio da Silva. Pobre moço criado sem os cuidados do pai, pois este era doente mental, Arlindo fora internado na “Escola de Preservação de Menores Padre Sacramento”. Nela terminou o curso primário, em 1934, deixando a escola a pedido de sua mãe, com a idade de 15 anos. Depois foi trabalhar como servente de pedreiro na Companhia Construtora Luiz Bacarini.
 Como bom cidadão e no incontido desejo de servir à Pátria, e com o consentimento materno, alistou-se, voluntariamente, nas fileiras do Exército. Foi um verdadeiro soldado.

GERALDO RODRIGUES DE SOUZA, Pouco se sabe dele, oque sabemos e que nasceu em Rio Preto ( Sta. Bárbara do Monte Verde / MG ), em 1919. Pertenceu à Companhia de Comando do III Batalhão do 11.º RIE e era filho de Josino Rodrigues de Souza e de Maria Joana de Jesus.

GERALDO BAÊTA DA CRUZ, Também pouco se sabe dele , nasceu em 21 Jul 1916, na pequena cidade mineira de João Ribeiro. Era filho de Antônio José da Cruz e de Maria da Conceição da Cruz. Geraldo Baêta era enfermeiro cirúrgico, pertencente ao Destacamento de Saúde. Tinha a nobre missão de amparar aqueles que tombavam na área de sacrifício, prestando-lhes o apoio médico imediato.

Historia dos Três Heróis :

Eles se cruzaram no dia 22 Set 1944, a bordo do transporte Norte Americano “Gen. M.L. Meigs” rumo à distante Itália, onde já se encontrava o 1.º Escalão da Força Expedicionária Brasileira. Chegaram ao Porto de Nápoles, às 07:30 horas do dia 6 Out 1944, de onde partiram, no dia 9, para o Porto de Livorno. Três dias depois estavam desembarcando e seguindo para a chamada “Staging Area”, localizado a oeste da cidade de Pisa ( Vila Rosare ). No dia 1.º de dezembro de 1944, o 11.º RIE entrava em linha, sendo considerado em combate.
Mas lá estavam, os três Heróis do Brasil, três bravos soldados, de vida sofrida e que estavam dispostos a fazer de tudo para sua Pátria.

Em 14 de abril de 1944 , foi o dia do ataque a Montese, na qual o combate seria, o mais sangrento que a FEB participaria

Durante o ataque a Montese, o pelotão, ao qual faziam parte ARLINDO, GERALDO e BAÊTA, foi detido por violenta barragem de morteiros inimigos, enquanto uma metralhadora alemã hostilizava violentamente o seu flanco esquerdo, obrigando os atacantes a se manterem colados ao solo. Não tendo mais possibilidades de sair do local, nossos três heróis ficaram desgarrados de sua fração. Mas não temeram! Imediatamente, o Soldado ARLINDO, atirador de fuzil automático, localiza a resistência inimiga e num gesto de grande bravura, gesto esse de um menino acostumado a enfrentar as dificuldades da vida que levara até então, levanta-se, localiza a resistência inimiga e sobre ela despeja seis carregadores da sua arma.
Geraldo e Baêta não param de atirar. Eram três pracinhas contra uma tropa de grande número. Tropa essa que pensava estar enfrentando uma outra de efetivo igual ou superior ao seu, pois os intrépidos brasileiros não paravam de atirar. Atiraram até a munição acabar. ARLINDO é ferido mortalmente por um franco atirador inimigo, enquanto GERALDO é atingido por um cruel estilhaço e BAÊTA recebe um tiro certeiro…

cm_treshorois_01

Admirado com a coragem e resistência dos mineiros, o comandante mandou enterrá-los em cova rasa e pôs uma cruz e uma placa com a inscrição: Drei brasilianische helden, que em bom português significa “três heróis brasileiros”. Acabada a guerra, eles foram trasladados para o cemitério de Pistóia, na Itália, e depois para o Monumento aos Pracinhas, no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro.

  • Fabio Podesta

    Existem muitas críticas ao Exército Brasileiro, mas quando a cobra tem que fumar, meus caros, podem ter certeza QUE ELA FUMA! (Soldado brasileiro: um dos mais valentes em campo de batalha. Está aí a prova).