A Força Aérea Colombiana (FAC) possui um arsenal razoável. O principal caça da Colômbia, o IAI Kfir, que esta com seus dias contados, com uma série de unidades já desativadas. São interceptadores Mach 2 com boa capacidade de manobras e armamentos, além de um ótimo histórico de combate por Israel.

A Colômbia, por outro lado, poderia dar bastante trabalho a Força Armada Brasileiro. Devido ao perfil operacional da força colombiana, equipada para combater principalmente ameaças de insurgentes no narcotráfico e grupos guerrilheiros, a frota possui um vasto arsenal de meios de ataque ao solo. A principal aeronave contra tanques e carros de combate do EB poderia ser o Embraer A-29 Super Tucano da FAC.

O A-29 é atualmente um dos aviões de ataque ao solo mais desejados no mercado militar, ainda ele e o melhor Turboélice do mercado militar. Até os Estados Unidos comprou algumas unidade para o Afeganistão.


bosuper_tucano

Com a Colômbia, já foi utilizado para bombardear posições de guerrilheiros e acampamentos com drogas e armamentos. Pode levar canhões, mísseis, bombas e foguetes. É também um avião ideal para interceptar aeronaves de baixa performance. No entanto, pode ser detido pela FAB pelo AMX, F-5 ou até mesmo por outro Super Tucano. A FAC possui 24 unidades dessa aeronave em operação.

A FAC também conta os jatos Cessna A-37 Dragonfly, que foram utilizados  pelos EUA na Guerra do Vietnã, e osOV-8 Bronco, aviões de ataque que são usados contra as guerrilhas, como o A-29.

No ano passado ouve algumas especulações de que a FAC estaria negociando a compras de novos jatos MIG-29 da Russia, mas ate o momento nada foi confirmando .

De fato a FAC não daria um trabalho grande  para as nossas forças armadas, por conta de seus IAI Kfir, mas nada que os novos F-5M modernizados  e os nossos AA dariam conta. Ao todo a força aérea colombiana tem 281 aeronaves (contando com as aeronaves de trasporte, helicópteros, aeronaves de treinamento e outras).

Avalie esta postagem


Assine nossa Newsletter

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here