A história que segue é para muitos uma lenda, para outros aconteceu de verdade. Se verdadeira, foi a maior tiração de onda que deve ter ocorrido entre tropas Aliadas. Uma grande fuleiragem dos brasileiros contra os americanos em plena Itália, durante a Segunda Guerra Mundial.

Conheçam a história do Tanque Roubado

Em 1944 tropas americana dividiram o acampamento com a FEB em Vale Garfagnana, no Norte da Itália. O acampamento fica próximo a outro pelotão aliado, formado por uma divisão americana e alguns poucos soldados ingleses. As barracas brasileiras estão a cerca de 200m do acampamento aliado, mas há liberdade total de ir e vir entre os soldados, que tentam se enturmar.

Os brasileiros perceberam que esta sumindo da dispensa da tropa caixas com latas de comida, rapadura, cachaça, cobertores e até munições.

Vejam: O dia em que os americanos roubaram um helicóptero soviético

Os responsáveis pela cozinha pedem para falar com o comandante e reclamam. Soldados americanos foram vistos rondando as barracas. O coronel brasileiro foi falar com os oficiais americanos e recebe como resposta risadas “Isto aqui é uma guerra, não um colégio. Os homens estão tensos, precisam extravasar seus instintos. Vocês que saibam proteger seu material e pronto” – e a reunião é encerrada. Contrariado, o comandante brasileiro retorna e relata o encontro a seus soldados. Ao terminar, fica um pouco em silêncio, enquanto os homens resmungam e cochicham. “Essas são as regras. Quer dizer, não há regras aqui. Façam então o que devem fazer”, conclui o comandante.

Então em uma Noite os Brasileiros foram ate o lado americano e roubaram seu Tanques M4 Sherman.
No dia seguinte do ocorrido, o oficial americano visita os brasileiros e, humildemente, pede: “Quanto aos alimentos, às roupas e às munições, tudo bem.  Mas, por favor, devolvam nosso TANQUE!
E assim surge a  A História do Tanque roubado pelos pracinhas.

6 COMMENTS