Conheça a arma laser que pode mudar as próximas guerras


A maior empresa de defesa do mundo testou recentemente o protótipo de uma arma a laser, que derrubou cinco drones no Campo de Teste de Mísseis de White Sands do exército no Novo México.

A Lockheed Martin está desenvolvendo uma arma a laser chamada Athena, capaz de colocar fogo em drones durante o voo e abate-los em poucos segundos. A arma – totalmente financiada pela Lockheed – usa a Iniciativa de Demonstração de Laser Acelerado de 30 quilowatts da empresa (ALADIN), que “fornece grande eficiência e letalidade em um design que se eleva a níveis de potência mais altos”, disse um comunicado da empresa. Também é alimentado por um gerador de turbo Rolls-Royce compacto.

Em 2015 durante um teste, Athena foi utilizada para destruir o motor de uma caminhonete que estava há mais de 1 km de distância.

Um teste do laser ATHENA da Lockheed Martin
Um teste do laser ATHENA da Lockheed Martin

Em uma série de vídeos, os veículos aéreos não tripulados são vistos descendo um a um depois que o laser, equipado com tecnologia avançada de controle de feixe, dispara contra eles.

Exército Norte-Americano e a Lockheed Martin realizarão avaliações pós-missão, e os dados coletados serão usados ​​para aperfeiçoar o sistema, melhorar as previsões do modelo e informar o desenvolvimento de futuros sistemas a laser.

A Lockheed Martin também está trabalhando em outra arma a laser com o dobro da potência da Athena, com aproximadamente 60 kW. O primeiro teste dessa arma conseguiu atingir a marca dos 58 kW, sendo feito em março deste ano. Esse equipamento deve futuramente ser utilizado por toda força militar dos EUA.

Arma laser da Lockheed abate cinco drones em pleno voo
Avalie esta postagem
Anúncios