Curiosidades Militares

Conheça os efeitos que uma arma nuclear teria se fosse solta em Washington, nos EUA

0
Ilustração de uma explosão proveniente de uma arma nuclear

O que aconteceria caso uma arma nuclear fosse usada contra Washington, capital dos Estados Unidos?

As discussões acerca dos efeitos de uma arma nuclear se tornaram o centro das atenções após o presidente da Rússia, Vladimir Putin, deixar apostos sua força de dissuasão (tropas munidas de armas nucleares), no último domingo (27).

Como se observou na história, em Hiroshima e Nagasaki, explosões nucleares podem apresentar os mais diversos efeitos, de acordo com a distância e a geografia do local atingido. Kathryn Highley, professora de ciência nuclear na Oregon State University, afirma que nos dias atuais, a explosão de uma bomba nuclear teria a capacidade de destruir uma cidade inteira.

É muito difícil dizer: ‘Bem, esta cidade vai sobreviver e aquela não’”, afirmou a especialista. “É muito, muito dependente do tamanho da arma, como é a topografia, onde eles detonam, quem está contra o vento, quem está a favor do vento”, acrescentou Kathryn.

Cidade de Hiroshima devastada pela bomba atômica

De acordo com a profissional, pessoas no centro do local de uma explosão de uma bomba nuclear de 300 quilotons, ou seja, em um raio aproximado de 800 metros, morreriam de forma instantânea, enquanto pessoas além disso, nas proximidades, sofreriam sérias queimaduras de terceiro grau.

Segundo Tara Drozdenko, diretora do Union of Concerned Scientist’ Global Security Program, em entrevista condedida ao portal de notícias americano Business Insider, se uma bomba de 300 quilotons fosse solta no meio da cidade de Washington, nos Estados Unidos, “muitos cidadãos não iriam sobreviver, e alguns residentes próximos estariam sujeitos a lesões devastadoras”, afirmou.

Além disso, Tara acrescentou dizendo que uma dose letal de radiação cobriria grande parte da cidade e, possivelmente, uma parte da Virgínia. “A radiação térmica, o calor, vai chegar a partes de Maryland, um pouco mais longe na Virgínia, e todas as pessoas nessa área terão queimaduras de terceiro grau”, afirmou.

Em seu entender, no caso de um ataque nessas proporções, cerca de 300 mil pessoas perderiam suas vidas na capital dos Estados Unidos. Além disso, a poeira carregada de partículas radioativas seria responsável pelo envenenamento e eventuais problemas de saúde nos sobreviventes.

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: 0]
Higor Mendes
Redator com cinco anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.

    Poucas pessoas conseguem passar nesse Quiz da WW2, você consegue?

    Artigo anterior

    Vasili Arkhipov – O Russo que evitou a Terceira Guerra Mundial

    Próximo artigo

    Comentários

    Os comentários estão fechados.