Donald Trump diz que considera opção militar na Venezuela

1
7107
Blindados venezuelanos durante uma parada militar

O presidente americano Donald Trump afirmou nesta sexta-feira (11) que considera muitas opções para a Venezuela, incluindo uma opção militar.

A afirmação foi feita após uma reunião com o secretário de Estado, Rex Tillerson; o assessor de Segurança Nacional, H. R. McMaster e a embaixadora americana na ONU, Nikki Haley.

“As pessoas estão sofrendo e estão morrendo. Temos muitas opções para a Venezuela, incluindo uma possível opção militar se for necessário”, disse o presidente em seu clube de golfe em Bedminster, onde está de férias. “Estamos em todo o mundo, e temos tropas em todo o mundo, em lugares que são muito longe. A Venezuela está logo ali”, disse.

Em julho, os EUA lançaram sanções contra diversas venezuelanos inclusive o ditador Nicolás Maduro, congelando seus ativos no país.

Nesta quinta, em seu primeiro discurso na Assembleia Constituinte, Maduro disse que queria se reunir com Donald Trump. O Ditador instruiu o ministro de relações exteriores a abordar os EUA sobre uma conversa telefônica ou uma reunião com o americano.

Maduro afirmou no discurso que quer uma forte relação com os Estados Unidos, como a que tem a com a Rússia. “Senhor Donald Trump, aqui está a minha mão”, disse.

Segundo a agência Reuters, o Pentágono afirmou que não recebeu nenhuma ordem da Casa Branca sobre a Venezuela.

  • Millton J. Santos Corretor de

    Certíssimo o Trump. Assim manda um recado para os militares venezuelanos para abrirem o olho em quanto é tempo. Chavez-Maduro levaram a Venezuela para o abismo, e alguem tem dar esperança para o povo venezuelano.