Videos

General croata se mata com veneno durante seu julgamento por crimes de guerra

0

Assista ao momento em que o general croata ingere o veneno

Um General croata se matou durante um tribunal penal internacional, depois que o apelo à sua condenação por crime de guerra foi rejeitado por um juiz da ONU em Haia, Países Baixos.

O General croata Slobodan Praljak, de 72 anos, tomou uma dose de cianeto, depois anunciou: “Eu apenas tomei veneno … Eu não sou um criminoso de guerra. Eu me oponho a essa convicção “.

O Militar havia sido condenado por seu papel na guerra na Bósnia e Herzegovina(1992-95), em que suas unidades se dedicavam à limpeza étnica contra os muçulmanos da Bósnia na tentativa de expulsá-los da região.

A audiência foi suspensa de imediato e o seu advogado afirmou que o seu “cliente tomou veneno”.

O tribunal apresentava nesse dia o resultado do recurso apresentado por Slobodan Praljak e outros cinco ex-dirigentes e chefes militares dos croatas da Bósnia, condenados em 2013 por perseguirem, expulsarem e assassinarem muçulmanos, entre 1992 e 1994.

Dois outros condenados também viram as suas sentenças confirmadas antes de a audiência ter sido interrompida.

[fvplayer src=”https://fatosmilitares.com/wp-content//uploads/2017/12/General-croata-se-mata-com-veneno-durante-seu-julgamento-por-crimes-de-guerra.mp4″ splash=”https://fatosmilitares.com/wp-content//uploads/2017/12/General-croata-se-mata-com-veneno-durante-seu-julgamento-por-crimes-de-guerra.jpg”]

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: 0]
Lane Mello
Fundador e Editor da Fatos Militares. Jovem mineiro, apaixonado por História, futebol e Games, Dedica seu tempo livre para fazer matérias ao site.

Eugene Lazowski – O Médico que criou uma falsa epidemia e salvou milhares de judeus

Artigo anterior

Drone captura imagens do combate em Damasco, assista ao vídeo

Próximo artigo

Comentários

Os comentários estão fechados.

Mais Videos