Imbel IA2: Saiba Mais Sobre o Fuzil Adotado pelo Exército Brasileiro

Se você já assistiu “Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro”, provavelmente lembra da cena em que o Capitão Nascimento sofre uma emboscada. Em suas mãos: um Imbel IA2.

O fuzil de assalto IA2 foi projetado pela estatal IMBEL (Indústria de Material Bélico do Brasil).  


O desenvolvimento dessa arma começou em 2008. Naquela época, estava claro que o anterior IMBEL MD-97 não poderia atender aos requisitos básicos do Exército Brasileiro e substituir o venerável FAL.

Inicialmente, a IMBEL tentou melhorar o MD-97. No entanto, não foi suficiente para atender às necessidades das nossas Forças Armadas. Então, um fuzil de assalto completamente novo foi desenvolvido.

O IA2 é uma evolução do FN FAL, que é produzido pela IMBEL desde meados da década de 1960 sob o código M964.

Imbel IA2
Características do Imbel IA2 – Fonte: Desconhecido

Inicialmente foi referido como o MD-97 Mk.II. Foi revelado pela primeira vez em público em 2010. Seus testes pelo Exército Brasileiro começaram em breve. Em 2012, foi emitida uma encomenda inicial de 1.500 fuzis de assalto que foram distribuídos entre a Brigada de Operações Especiais, a Brigada de Infantaria Paraquedista e as Brigadas de Infantaria de Selva.

Recentemente, o IMBEL IA2 também foi adotado pela Força Nacional de Segurança Pública, Receita Federal, Polícia Civil e Militar de alguns estados brasileiros.

Algumas fontes informam que, em 2013, o Exército Brasileiro encomendou 20 mil desses fuzis. O IA2 substitui os antigos FAL, M16A2 e HK33 em serviço das Forças Armadas Brasileiras.

IMBEL IA2
Soldado com fuzil Imbel IA2

O IA2 usa componentes do FAL e do M-16. O carregamento do fuzil depende de sua variante. As variantes em 5.56×45mm NATO são carregadas com um carregador STANAG 4179, com capacidade de 30 cartuchos, padrão em todas as forças da OTAN. Enquanto isso, a versão 7.62×51mm NATO é carregada com um carregador padrão do FAL, com capacidade de 20 cartuchos.


É uma arma operada a gás. O fuzil da linha de base tem um cano de 350 mm, sendo seletivo com modos semi-automático (SA) e totalmente automático (A).

Conheça o fuzil AK-47: a invenção mais mortífera do século XX

O IA2 faz uso extensivo de polímeros, sendo significativamente mais leve que o FN FAL original. Também teve sua ergonomia melhorada, como menor tamanho e uma melhor empunhadura.

O IMBEL IA2 utiliza uma mira semelhante a do FN FA ajustável em 2 posições: para 150 e 300 metros. Também dispõe de um trilho Picatinny integral e pode ser equipado com várias lunetas ou miras holográficas. Alcance efetivo é de até 600 m.

Uma ampla gama de equipamentos adicionais pode ser utilizada na empunhadura dianteira, como o lançador de granadas M203, lanternas táticas, lasers, bipé e assim por diante. O IA2 também pode ser equipado com baioneta IA2 e AMZ.

Variantes do IMBEL IA2

IA2

IA2 5.56mm
IA2 5.56mm

É o fuzil de assalto de linha de base descrito neste artigo. Ele é compartimentado para munição de 5,56 mm e possui um cano de 350 mm.

Carabina IA2

IA2 5.56mm Carbine
IA2 5.56mm Carbine

É uma versão do fuzil de assalto, mas com um cano mais curto. Ela é compartimentada para munição de 5,56 mm e possui um cano de 350 mm;

IA2 CQC

IA2 5.56mm CQC
IA2 5.56mm CQC

É um fuzil de assalto compacto. Ele é compartimentado para munição de 5,56 mm e tem um cano de 265 mm;

IA2 7.62

IA2 7.62mm
IA2 7.62mm

Versão compartimentada para 7,62×51 mm de munição e tem cano de 389 mm.

Na verdade, é uma conversão de fábrica do antigo FN FAL tipo rifle. Utiliza carregador padrão do FAL com capacidade de 20 tiros.

Carabina IA2 7.62

IA2 7,62 Carabina
IA2 7,62 Carabina – Foto: Ricardo Pereira

Versão compartimentada para munição de 7,62×51 mm. Possui cano de 265 mm;

IA2 Sniper Rifle

IA2 Sniper
IA2 Sniper

É um rifle tático, com uma munição de 7.62×51 mm. Basicamente, é semelhante ao fuzil de assalto IA2, com câmara para munição de 7,62 mm, mas tem um cano de 510 mm, é equipado com um escopo, bipé e possui uma coronha diferente.

Qual sua opinião sobre o IMBEL IA2? Deixe nos Comentários!

Imbel IA2: O Fuzil Adotado pelo Exército Brasileiro
4.2 (84.44%) 9 Votos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here