Artigos

O’que foi a Intentona Comunista

0
Intentona comunista

Conheça a Intentona Comunista, o levante comunista de 1935

Intentona Comunista, também conhecida como Revolta Vermelha de 35, Revolta Comunista de 35, Levante Comunista e Levantes Anti-Fascistas, foi uma tentativa de golpe contra o governo de Getúlio Vargas realizado em novembro de 1935 por militares, em nome da Aliança Nacional Libertadora, com apoio do PCB e do Comintern., a Intentona eclodiu em novembro de 1935, mas foi rapidamente combatida pelas Forças de Segurança Nacional.

O movimento (Intentona Comunista) ganhou adeptos dentro dos batalhões. Militares de baixa patente inclinados ao comunismo iniciaram a rebelião na noite do dia 23 de novembro de 1935, em Natal, no Rio Grande do Norte, onde os revolucionários chegaram a tomar o poder durante três dias. Depois se estendeu para Maranhão, Recife e por último para o Rio de Janeiro.

Influenciados pela estrutura política européia pós primeira guerra mundial, na qual duas frentes disputavam espaço – Fascismo e Comunismo – surgiram dois movimentos políticos no Brasil com estas características.

Em 1932, sob a liderança do político paulista Plínio Salgado foi fundada a Ação Integralista Nacional, de cunho fascista. De extrema direita, os integralistas combatiam fervorosamente o comunismo.

Paralelamente à campanha Integralista, o Partido Comunista do Brasil (PCB) incentivou a fundação da Aliança Nacional Libertadora, um movimento político radicalmente oposto à Ação Integralista Nacional.

intentona-comunista-o-que-foi-objetivos-como-aconteceu-e-consequenciasA repressão ao movimento permitiu que o Congresso Nacional decretasse o Estado de Guerra, com uma erosão decisiva nas liberdades e garantias individuais liberais-democráticas, o que preparou o caminho para que Getúlio Vargas decretasse o Estado Novo em 1937, reforçado pelo chamado Plano Cohen de 1937.

Mortos :

Não se tem um balanço completo das vítimas, juntando-se legalistas e insurgentes em todos os eventos ocorridos. Entre os insurgentes é difícil encontrar uma lista completa com os nomes das vítimas, mas estima-se que pelo menos uma centena tenham falecido só no levante de Recife e outros vinte no levante da Praia Vermelha no Rio de Janeiro, sendo ainda necessário contabilizar as mortes ocorridas em Natal e demais quartéis do Rio de Janeiro.

Entre as tropas legalistas envolvidas nos combates ocorreram 22 baixas fatais. O Exército lista um total de 30 vítimas sem porém divulgar se eram legalistas ou insurgentes

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: 0]
Lane Mello
Fundador e Editor da Fatos Militares. Jovem mineiro, apaixonado por História, futebol e Games, Dedica seu tempo livre para fazer matérias ao site.

Brasil pode comprar 1.464 veículos LMV da Iveco

Artigo anterior

EUA deixaram 80 milhões de bombas não detonadas no Laos

Próximo artigo

Comentários

Os comentários estão fechados.

Mais Artigos