John Steele – O soldado mais azarado da história

John Steele teve o azar de pousar no pináculo da torre da igreja em Sainte-Mère-Église, durante a Operação Overlord em junho de 1944.

John Steele é certamente o soldado americano mais azarado de todos os tempos, se já não bastasse ter que enfrentar uma horda de alemães nazistas, esse homem ainda teve que lidar com a traição da própria sorte. Na noite anterior ao Dia D, John estava na França e realizou um lançamento de paraquedas, ele planejava cair no oeste da normanda, mas por imprevistos acabou pousando em uma praça rodeada de soldados nazistas. A onda de azar estava apenas começando, logo em seguida o paraquedas enroscou na torre de uma igreja, ele ficou pendurado de ponta cabeça à vista de milhares de inimigos.

Por um grande milagre John não morreu neste incidente, após levar diversos tiros ele fingiu de morto, algo que não foi tão difícil levando em conta a situação deplorável que se encontrava após a hemorragia dos ferimentos. O soldado azarado se tornou um herói para os Franceses e para os Americanos, e ergueram um monumento em homenagem a John Steele, localizado na Sainte-Mère-Église, no exato local em que havia ficado pendurado durante a guerra.


Recomendado: Os Melhores Filmes da Segunda Guerra Mundial 

Relógio Militar Delta com FRETE GRÁTIS (Clique na imagem acima). 6x s/juros!

Recomendado: Nove lugares fascinantes na França que entusiastas de história precisam visitar 

Outro detalhe intrigante é que após enganar os alemães por um breve período, um dos nazistas percebeu que John não estava morto, e o prendeu em uma base alemã. O azarado conseguiu escapar mesmo estando debilitado, e com muito esforço conseguiu reencontrar o seu batalhão americano, e após receber ajuda médica ele retornou para a frente de batalha, onde recuperou as bases de St. – Mére-Église, derrotando os alemães com a ajuda de seus aliados.

Nas situações vivenciadas por John Steele, dificilmente um paraquedista sobreviveria ao ataque inimigo, pois além de se tornar um alvo fácil, as chances de ser resgatado se tornam remotas. Um detalhe que torna a história ainda mais surpreendente é o fato de John ter sido ferido por tiros antiaéreos, o que demonstra uma sorte tremenda após sua onda de azar.

John Steele
John voltou várias vezes a Sainte Mere Eglise, durante as comemorações dos desembarques na Normandia.

Nos dias de hoje John Steele passou a ser considerado um herói de guerra, na época foi condecorado com a honorável Estrela de Bronze, e também com a famosa Purple Heart. O soldado azarado faleceu 25 anos após o Dia D, em 1969, após o desenvolvimento de um câncer fulminante. A lenda permanece registrada em estatuas e fotos, tanto em museus franceses quanto americanos.

Compartilhe este artigo com seus familiares e amigos e discuta sobre o assunto!

Deixe um comentário