Conheça o Torpedo suicida Kaiten, utilizado pelo japão na Segunda Guerra Mundial:


O Kaiten não era como qualquer outro torpedo em uso durante a Segunda Guerra Mundial. Esses minissubmarinos eram tripulados por soldados da Marinha Imperial Japonesa, que levavam esses objetos suicidas diretamente para seus inimigos.

Quando os militares japoneses sentiram que estavam perdendo o controle – e suas chances de ganhar a guerra – eles se voltaram para o Kaiten, apesar do alto preço humano.

Quando 1943 chegou ao fim, o comando japonês começou a explorar novas opções para garantir a vitória de suas tropas. Armas suicidas como aviões Kamikaze, torpedos Kaiten, barcos Shin’yō, mergulhadores Fukuryu e minas humanas foram consideradas.

A primeira pesquisa sobre um potencial Kaiten começou em fevereiro de 1944, e um protótipo foi desenvolvido em 25 de julho daquele ano. O torpedo mostrou-se bem sucedido. Apenas uma semana depois do primeiro protótipo criado, a Marinha Imperial Japonesa ordenou o desenvolvimento de 100 torpedos.

Kaiten em um navio japonês
O “Torpedo Humano” em um navio japonês

Em teoria, os Kaitens deveriam ter tido uma maior taxa de sucesso do que os torpedos convencionais, mas não eram muito eficazes. Eles conseguiram afundar apenas alguns navios, incluindo o USS Mississinewa e o USS Underhill, matando menos de 200 homens no total. Esses números são de dados dos EUA. Os japoneses apresentaram maiores taxas de sucesso.

USS Underhill (DE-682)- Fatos Militares
USS Underhill (DE-682)- Fatos Militares

Em 24 de julho de 1945, enquanto o destróier USS Underhill escoltava os navios de abastecimento e de tropas dos Estados Unidos, seis Kaiten atacaram sua parte inferior. O contratorpedeiro tentou avançar contra os torpedos, mas as detonações partiram o Underhill em dois.

Conheça a Batalha de Iwo Jima – De ilha em ilha

Em meados de agosto de 1945, todos os submarinos voltaram para casa, levando o torpedo de volta ao Japão e finalizando sua presença na guerra.

Diante da possibilidade de perder uma guerra inteira, a Marinha imperial japonesa voltou-se para o Kaiten – embora tenha levado a vida dos seus pilotos, trouxe a destruição para navios inimigos.


Museu Memorial Kaiten

Hoje, o Kaiten e seus pilotos são eternizados pelo Museu Memorial Kaiten, na ilha de Otsushima. Embora tenha entrado na história desde os seus últimos dias em 1945, foi uma arma que infligiu danos às forças navais inimigas e aos próprios soldados japoneses.

O Kaiten não ganhou a guerra pelo Japão, mas certamente deixou sua própria marca na Segunda Guerra Mundial e no armamento da era.

Kaiten – O Torpedo Suicida Japonês da Segunda Guerra Mundial
5 (100%) 1 Voto
Anúncios