Os principais países da Europa oferecem uma variedade de locais onde ocorreram diversos conflitos. Existe lugares fascinantes na frança que muitas pessoas que moram na Europa ou visitaram o país nunca foram:

No entanto, não fique apenas com os locais turísticos normais. Confira alguns dos lugares fascinantes na França relacionados à guerra que qualquer entusiasta de história precisa visitar no País.

Monumento Vel D’Hiv

Em primeiro lugar da nossa lista de lugares fascinantes na França que entusiastas de história precisam visitar, temos o Monumento Vel D’Hiv:

Durante os primeiros dias da Segunda Guerra Mundial, a polícia francesa reuniu famílias judaicas e as manteve no Velódromo, que era ao mesmo tempo uma pista de ciclismo. Lá, mais de 13.000 judeus franceses suportaram condições de vida horríveis, sem banheiros, água ou comida, antes de serem enviados para vários campos de concentração nazistas.

Monumento Vel D'Hiv
Uma foto tirada recentemente do Monumento Vel D’Hiv

O memorial representa aqueles que sofreram nas mãos do governo francês, que desde então emitiu uma desculpa oficial por suas ações durante a guerra.

Arco do Triunfo

Arco do Triunfo no Fim da Segunda Guerra Mundial
Cidadãos de Paris comemorando a Vítoria no Arco do Triunfo





O Arco do Triunfo está situado no coração de Paris. É também um dos icônicos mais marcantes de Paris e provavelmente já está em sua lista de viagem. Foi construído em 1806 por Napoleão, para homenagear os soldados franceses que morreram durante as guerras napoleônicas.

Completado em 1836, seu design inclui vários nomes de batalhas, generais, e vários toques artísticos. O arco também é o local do túmulo francês do soldado desconhecido, honrando aqueles que caíram nas duas guerras mundiais. Se você tem amigos, famílias ou outros companheiros de viagem que não compartilham seu amor pelas histórias de Guerra, este é um local que você poderá facilmente leva-los, pois os belos arredores e a fácil localização fazem dele um ótimo local para visitar.

Batalha de Somme

rio Somme
O rio Somme, que segue a linha geral da longa batalha do Somme

Embora aparentemente lindos, os campos de batalha do Somme são os locais de grandes perdas e destruições. Durante a batalha, o objetivo era  romper as linhas de defesa alemãs, a luta no Somme foi uma das operações militares mais violentas da história da humanidade.

Infelizmente, os alemães foram alertados para seus esforços e foram preparados, e sofreram muito pouco dano em suas trincheiras. Um número excepcional de vítimas ali ocorreu, ambos os lados tiveram mais de um milhão de mortos ou feridos durante o esforço de 4 meses. Hoje, você pode visitar a grande área por conta própria, ou você pode fazer uma turnê. Há ainda passeios de bicicleta na área que lhe mostrarão a história da região.

Forte da linha Maginot Schoenenbourg

linha Maginot
A entrada da fortaleza Schoenenbourg ao longo da linha Maginot, construída para defender a estrada entre Wissembourg e Hagenau.

O Forte da linha Maginot Schoenenbourg foi um dos vários fortes construídos na fronteira da Alemanha e da França. As fortalezas parcialmente subterrâneas foram destinadas a proteger os franceses das invasões alemãs após a Primeira Guerra Mundial. Este forte particular de toda a série de fortalezas Maginot foi o maior já criado e projetado para ser totalmente utilizável durante desastres extremos.

Com sua própria fonte de água, abundância de estoques de alimentos, armas e uma pequena estação médica, era um bunker totalmente fortificado que poderia apoiar as partes por um longo período de tempo. Os visitantes podem explorar o forte, e todas as suas reviravoltas subterrâneas. Dizem que para ver tudo, leva cerca de duas horas.

Oradour-Sur-Glane

Oradour-Sur-Glane
Oradour-Sur-Glane em ruínas.







Esta vila francesa também sofreu durante a Segunda Guerra Mundial, como muitas aldeias.

Os nazistas cometeram crimes hediondos neste local do oeste da França, matando a maioria da população em 1944. Além de grande parte da aldeia ser completamente destruída, mais de 600 pessoas foram mortas nas mãos dos soldados alemães.

Esse ataque foi realizado pela Terceira Companhia do Primeiro Batalhão de Regimento Der Führer, da SS Division Das Reich das Waffen-SS contra os franceses indefesos, ficou conhecido como Massacre de Oradour-sur-Glane.

Após a guerra, a aldeia foi reconstruída a poucos quilômetros de distância, mas o local original ainda permanece intacto e legalmente protegido, como lembrança dos horrores da guerra.

Normandia

Praia da Normandia
Talvez esse é um dos lugares fascinantes na França que entusiastas de história precisam visitar; A Praia da Normandia.

Claro, o local de guerra mais importante a visitar quando viajar para a França é a Normandia. Este destino tão importante foi o lugar onde a mare da guerra mudou, e os aliados começaram a ganhar terreno considerável.

Hoje, há um punhado de memoriais nas praias que você pode visitar e aprender mais sobre o dia e os arredores.

Os cemitérios alemães e americanos na Normandia

cemitério alemão em La Cambe

Tanto a Alemanha quanto os Estados Unidos têm cemitérios na Normandia. O cemitério americano em Coleville-Sur-Mer é agraciado com cruzes brilhantes e brancas e vista para o mar – um lugar sombrio, mas bonito para lembrar os mortos.

No entanto, a uma curta distância é o cemitério alemão em La Cambe, os túmulos são placas de pedra escura sobre  a grama. – Desde o Tratado Versalhes de 1919, os cemitérios militares alemães têm cruzes e túmulos sombrios -. Existe um tumulo no centro do cemitério que é destinado aos solados anônimos, se encontra ali 207 corpos de solados cujos nomes não puderam ser descobertos.

10 Fascinantes bases militares abandonadas em todo o mundo

Memorial dos Mártires da Deportação

Memorial dos Mártires da Deportação
Memorial dos Mártires da Deportação em Paris





Perto de Notre Dame, este memorial em Paris honra aqueles mais de 200 mil cidadãos franceses que foram levados aos campos de concentração nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

O monumento escuro, subterrâneo, porém maravilhosamente desenhado, apresenta uma inscrição assombrosa – perdoe, mas nunca esqueça.

Museu de Rendição

Museu da Rendição e Oficias Alemães
Em cima está o Museu da Rendição e embaixo vemos os Oficiais alemães assinado o documento de rendição

Foi aqui que os alemães se encontraram com tropas aliadas para acabar com a Segunda Guerra Mundial. Em 7 de maio de 1945, altos oficiais do comando alemão assinaram um documento de rendição incondicional.

O Prédio usado para a assinatura do documento é classificado como monumentos históricos desde 31 de dezembro de 1985.

Está localizado em parte das instalações da Escola Secundária Franklin-Roosevelt em Reims, França.

Oque achou desses nove lugares fascinantes na França que entusiastas de história precisam visitar ? Gostou ? Se sim, compartilhe com seus amigos 😉