Histórias Bizarras

O Dia em que os Brasileiros perderam a noção na Segunda Guerra

10
O Dia em que os Brasileiros perderam a noção na Segunda Guerra

Conheça a historia do Maj. Av. Gibson, que passou a ser conhecido como “Gugu Cheira Cano”, no dia em que os Brasileiros perderam a noção na Segunda Guerra Mundial.

No fim do ano de 1944 tropas alemãs estavam conseguindo abrir o cerco feito pelos aliados no norte da Itália. Perto de lá [uns 50 km] estava a cidade de Pisa, onde estava concentrado a nossa FAB. Como os alemães estavam conseguindo avançar, foi dado a ordem para destruir todo e qualquer material que não pudesse ser levado e aviões que não pudessem decolar, de modo que estes não fossem tomados pelos alemães.

Foram distribuídos aos soldados, sargentos e oficiais do 1° GAvCa [FAB] metralhadoras Thompson, fuzis M1 e considerável quantidade de munição. Felizmente, os aliados conseguiram reforçar a brecha e forçar os alemães de volta às suas posições de origem.


Vejam: O Dia em que um Brasileiro incendiou uma base americana

Relógio Militar Delta com FRETE GRÁTIS (Clique na imagem acima). 6x s/juros!

Virada de ano em Pisa, tudo tranquilo. Eis que um infeliz brasileiro tem a ideia de comemorar o ano novo de maneira bem doida. TIROTEIO, lá estavam mais de uma dezena de brasileiros atirando para cima descontroladamente.

A italianada [Como diz um veterano conhecido rsrs ] ficaram com medo achando que eram os alemães invadindo a cidade.
Foi chamado um major que passou então a cheirar, um a um, os canos dos fuzis M-1, identificando através do cheiro de pólvora os autores dos disparos daquela noite.

O resultado de tal operação, além da prisão de diversos elementos do grupo, foi o novo apelido pelo qual o Maj. Av. Gibson passou a ser conhecido: “Gugu Cheira Cano”.

Vejam: O Brasileiro que se passou por General na França

Compartilhe este artigo com seus familiares e amigos e discuta sobre o assunto!

Lane Mello
Fundador e Editor da Fatos Militares. Jovem mineiro, apaixonado por História, futebol e Games, Dedica seu tempo livre para fazer matérias ao site.

Snipers nas guerras: Da Guerra de Independência dos Estados Unidos às Guerras Atuais

Previous article

O Brasileiro que se passou por General na França

Next article

You may also like

10 Comments

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk pqp

  2. Br sendo Br

  3. BR sendo BR ,kkkkkkkkk

  4. HUAUHAHUUHUHAUHUHAUAHUHEUHAUH!

  5. BR sempre BR

  6. GUGU cheira cano kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  9. hEUHEUehuehUEHEUheuEHueheuEHUehue

  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk gugu cheira cano jkkkkkkkkkkkkkkk

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *