ArtigosCuriosidades Militares

Projeto 14-X: A tecnologia hipersônica brasileira

0
Projeto 14-X W: A tecnologia hipersônica brasileira
Projeto 14-X W: A tecnologia hipersônica brasileira

Projeto 14-X: A tecnologia hipersônica brasileira

O projeto 14-X visava desenvolver a propulsão hipersônica para a força aérea brasileira, porém essa pretensão não seria nada fácil de se conquistar, levando-se em conta o grande parâmetro tecnológico necessário.

O Brasil possui um belo histórico com tudo o que é relacionado a aviões. Afinal, Santos Dumont encantou o mundo em 1906, desenvolvendo a primeira aeronave com propulsão ativa. Naquele dia, Dumont havia dado o primeiro passo para este grande sonho.

Hoje o desafio é outro, diversos engenheiros estão comprometidos em aperfeiçoar cada vez mais a tecnologia de propulsão, visando atingir velocidades ainda maiores.

Desde 1990 a FAB (Força Aérea Brasileira), DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial e a IEAV (Instituto de Estudos Avançados) realizam pesquisas no setor de tecnologias hipersônicas. E o principal projeto tem sido o 14-X, PropHiper, o qual utilizaria propulsão hipersônica. 

Veja: Lista dos jatos de combate que já voaram ou ainda voam pela FAB

A missão é desenvolver uma plataforma para demonstrar tecnologias críticas de domínio da Hipersônica Aspirada. Com o motor do tipo scramjet e uma superfície aerodinâmica da espécie waverider.

Se esses estudos alcançarem êxito, o veículo scramjet-waverider terá a capacidade de alcançar 10X a velocidade do som, o que seria equivalente a 12 mil KM/HR. E além disso poderia atingir altitudes de 30 km de altitude, tecnologia a qual colocaria o Brasil nivelado com as maiores potências bélicas no quesito de propulsão hipersônica.

Projeto 14-X: O grande trunfo do Brasil

O projeto finalmente saiu do papel e teve o seu primeiro teste. Foram décadas de estudos e esforços para que a FAB aprimorasse o seu tão importante projeto.

Os testes tiveram êxito, mas ainda há mais 3 etapas de aprimoramento até alcançarem a meta final, portanto é só uma questão de tempo até que a FAB conquiste o aperfeiçoamento do projeto 14-X.

Clique para classificar este post!
[Total: 0 Média: 0]
felipeblazerz
Redator há mais de 3 anos. Felipe é amante da filosofia e da geopolítica.

    Míssil Hipersônico: O potencial tenebroso da tecnologia russa

    Artigo anterior

    Os dez veículos militares mais antigos ainda em serviço

    Próximo artigo

    Comentários

    Os comentários estão fechados.

    Mais Artigos