ArtigosCuriosidades Militares

Simo Häyhä: A Morte Branca

0
Morte Branca: O maior atirador de todos os tempos
Morte Branca: O maior atirador de todos os tempos

Morte Branca – Simo Häyhä: O maior atirador de todos os tempos

Morte Branca foi o maior atirador de todos os tempos, ele nasceu na Finlândia e se chamava Simo Häyhä. Ele matou mais de 500 soviéticos durante a Segunda Guerra Mundial, após ter seu país invadido pelo gigante vermelho.

Apesar da Finlândia ter enfrentado o exército Russo com uma desvantagem bélica enorme, os finlandeses lutaram com coragem, e Simo Häyhä obteve um desempenho em guerra superior a qualquer soldado russo, embora um soldado sozinho não possa mudar o rumo geral de uma guerra de tal escala.

Morte Branca – Simo Häyhä: Desempenho em guerra

Simo Häyhä A Morte Branca

Simo Häyhä junto com a seu Mosin–Nagant.

Em torno de 505 soldados foram derrubados pelo Morte Branca, durante os 3 meses de guerra com a URSS. Com este resultado tornou- se o franco-atirador mais letal de todos os tempos. Conforme os registros, ele matou 246 soldados utilizando armas automáticas e 259 através do seu fuzil.

Veja: Os Melhores Filmes da Segunda Guerra Mundial

Simo era um fazendeiro antes da guerra, e costumava caçar alguns animais para comer, provavelmente sua prática como caçador tenha despertado parte das suas habilidades como atirador.

Além disso, o título de Morte Branca é relacionado ao fato dele ter utilizado trajes de camuflagem brancos contra a URSS, levando-se em conta que o cenário era destacado por um frio de -40 graus a -20 graus, o que tornaria a camuflagem branca a mais vantajosa neste cenário.

Veja: Principais armas utilizadas na Segunda Guerra Mundial

Simo Häyhä tinha um costume inusitado de formar montes de neve em sua frente, apesar de prejudicar parcialmente sua visão, ele conseguia se esconder completamente dos seus adversários, montando uma tática perfeita para ceifar a vida dos soldados adversários sem ser visto.

O soldado de elite se tornou um alvo prioritário da URSS, e quando os russos finalmente atingiram o rosto do Morte Branca com uma munição explosiva acreditavam ter tirado o atirador de cena, mas pasmem, Simo continuou vivo apesar de ter ficado com a mandíbula deformada.

VEJA: Qual foi a primeira vez que usaram armas biológicas?

Clique para classificar este post!
[Total: 1 Média: 5]
felipeblazerz
Redator há mais de 3 anos. Felipe é amante da filosofia e da geopolítica.

    Thompson: A arma dos americanos na Segunda Guerra Mundial

    Artigo anterior

    As consequências do nazismo para a sociedade: O grande erro de Monark

    Próximo artigo

    Comentários

    Os comentários estão fechados.

    Mais Artigos