Curiosidades sobre o Brasil na Segunda Guerra que você provavelmente não sabe
0 (0)

RAF 193 Squadron Bellows-Brazil - Fatos Militares

Conheça algumas curiosidades sobre o Brasil na Segunda Guerra Mundial

Muitos de vocês não conhecem os feitos do Brasil durante a segunda guerra, com isso, fizemos uma pequena seleção de curiosidades sobre o brasil na segunda guerra. Veja também:

Vejam: 7 filmes que você tem que assistir sobre a Segunda Guerra Mundial

O tratado feito entre os aliados e o Brasil era de enviar mais de 80 mil brasileiros para guerra, que atuariam na Campanha do Norte da África. Porém como o processo de alistamento demorou a maré da guerra mudou.

Desfile da FEB

Durante a guerra os aliados tiveram dezenas de bases aéreas, onde os bombardeiros pousavam para reabastecer e ir para o front [Ex.: Parnamirim Airfield], Logo o Brasil se tornou muito importante geopoliticamente para os aliados.

Parnamirim field

O maior partido nazista fora da Alemanha se encontrava no Brasil.

Partido Nazista no Brasil

O major-brigadeiro Othon Correia Netto realizou 57 missões bem-sucedidas, mas na 58ª, quando chefiava uma esquadrilha num ataque à ponte Casarsa, na Itália, seu caça foi derrubado. Era dia 26 de março de 1945. Othon foi capturado e mantido num campo de concentração nazista na Alemanha até 29 de abril.

Othon Correia Netto

As italianas gostavam mais dos brasileiros, o que gerou até pancadaria no clube de oficias da FAB em Pisa, pois os americanos não conseguiam chamar a atenção das italianas e se irritaram com os brasileiros.

SentaPua

Um aviador brasileiro após ser abatido viu um contingente militar chegando próximo de sua queda. Dizem que ele só parou de correr quando algum dos militares gritou: PARA DE CORRER FILHO DA P#*@, TROPA BRASILEIRA AQUI.

Patrulha da feb

O 1 Grupo de Aviação de Caça da FAB recebeu uma medalha dada exclusivamente para os americanos [Presidencial Unit Citation] , porém o desempenho dos aviadores brasileiros foi tão assustador que decidiram abrir uma exceção.

P47 da FAB
P47 da FAB

Existia uma rádio clandestina atrás das linhas inimigas que transmitiam mensagens nazifascistas para tentar desmotivar os brasileiros, e quem trabalhava nessa rádio eram dois brasileiros .

Poster alemão para tentar desmotivar os Brasileiros na Segunda Guerra Mundial.

Durante uma rendição um brasileiro encontrou seu melhor amigo de infância, em meio a soldados alemães presos pela FEB.

cm_rendicao148_07

O Brasil foi convidado pelos aliados a ocupar a Áustria, porém houve recusa por parte dos militares superiores pela instabilidade política brasileira na época.

25549

Um aviador brasileiro [Rui Moreira Lima] ao pousar em emergência numa base da RAF encontrou um piloto brasileiro/inglês o Frederick Tate, que fez o brasileiro tomar um porre tão grande que o brasileiro entrou em coma alcoólico.

rui_moreira_lima1

Os brasileiros tinham a mania de roubar jipes dos americanos que largavam em qualquer canto e iam encher a cara, era só pintar o simbolo do EB em cima e nunca iriam desconfiar.

54m63pk

A tropa brasileira foi a única das nações aliadas a render uma divisão alemã inteira.
Um esquadrão da RAF inteiro foi financiado por brasileiros, como homenagem o esquadrão recebeu o nome de RAF 193 Squadron Bellows-Brazil.

fole-10

 

 

Os soldados brasileiros durante a guerra, apelidaram a mortífera mg-42 de Lurdinha.

mg42_team_by_benjh

Batalhas vencidas pela FEB: Massarosa, Camaiore, monte Prano, monte Acuto, San Quirico, Gallicano, Barga, monte Castello, La Serra, Castelnuovo, Soprassasso, Montese, Paravento, Zocca, Marano Su Parano, Collecchio e Fornovo.

800px-massarosaw 

FONTES:
SENTA A PUA – A Força Aérea Brasileira na Segunda Guerra Mundial
Rui Moreira Lima

Crônicas da Guerra na Itália
Rubem Braga

1942 – O Brasil E Sua Guerra Quase Desconhecida
João Barone

O Lapa Azul 60 min

A Cobra Fumou 94 min

Senta a Pua! 112 min

O Brasil na Batalha do Atlântico 82 min

72 Anos da conquista de Monte Castello
0 (0)

Avante ao Monte Castello - Fatos Militares

A Força Expedicionária Brasileira, foi a divisão do exército brasileiro que combateu na Segunda Guerra Mundial ao lado dos Aliados. Constituída na sua totalidade por 25.834 homens e mulheres.

Em 21 de fevereiro de 1945, a FEB realizou a sua mais importante conquista nos campos de batalha europeus: a tomada do Monte Castello. Formada durante o governo Getúlio Vargas, a FEB tinha o intuito de ajudar as forças aliadas no combate contra o eixo na Europa.

Os brasileiros, em sua maioria, estavam despreparados para os conflitos e as forças nacionais receberam treinamento e mantimentos dos quartéis norte americanos. Foram enviados desde armamentos até uniformes, afinal, os brasileiros estavam acostumados a um clima tropical e suas vestimentas não eram adequadas para o rigoroso inverno europeu.cap_sady_feb2

A FEB estava subordinada ao 4o Corpo do 5o Exército americano e foi enviada para os campos de batalha na Itália para ajudar a conter o avanço das forças alemãs em direção à França.FEB-logo

Antes da vitória final, em 21 de fevereiro, ocorreram outras três tentativas. O comando americano definiu que no dia 19 de fevereiro teria início a nova ofensiva que ficou conhecida como Operação Encore.

O Objetivo dessa missão dada á força brasileira era tirar Monte Castello do controle dos alemães, pois ele representava uma posição estratégica, já que se encontrava no caminho para Bolonha, cidade que representaria uma importante conquista para as forças aliadas. No dia 21, a FEB derrubou os alemães. A tomada do Monte Castello ficou conhecida como a sua mais importante conquista.

Alguns meses depois, em 8 de maio de 1945, a Alemanha se rendeu e, pelo menos em território europeu, a guerra chegou ao fim. Os pracinhas da FEB retornaram ao Brasil e aqui foram recebidos com muita festa. A segunda guerra só acabaria, no entanto, 4 meses mais tarde pois os japoneses ainda não haviam desistido. A Guerra só foi terminar em 2 de setembro de 1945 com a rendição dos japoneses .