Nos anos 90, a Guerra do Golfo mobilizou 700 mil soldados, causando milhares de mortos. Tendo centenas de batalhas como a Batalha de Khafji sendo umas das mais conhecidas.

Sabendo disso separamos algumas curiosidades sobre Guerra do Golfo, Vejam:

1- Na última noite da guerra – poucas horas depois do cessar-fogo – dois bombardeiros da Força Aérea Americana jogaram bombas de Duas toneladas em um bunker de comando a 24 km de Bagdá, em uma tentativa deliberada de matar Saddam Hussein.

2- Durante a mesma semana King Fahd (Rei da Arábia Saudita) foi convencido a convidar as tropas dos EUA para a Arábia Saudita, a fim de defender a sua monarquia da alegada ameaça de uma invasão do Iraque, um oficial da inteligência dos EUA que foi enviado secretamente ao Kuwait pelo General H. Norman Schwarzkopf relataram que o Iraque tinha começaram a retirar suas divisões da Guarda republicana do Kuwait inteiramente.

3- Várias semanas antes da ofensiva sobre Bagdá em 17 de janeiro de 1991, agentes da inteligência americana inseriram um vírus de computador em computadores militares do Iraque. Ele foi projetado para desativar muitos do sistemas de defesa aérea de Bagdá.

4- O maior conflito de tanques da guerra, Mostrou com detalhes a superioridade dos tanques americanos e da doutrina de combate sobre os tanques soviéticos. Como um todo, as batalhas terrestres mostraram que a capacidade de manobra militar americano superou claramente as táticas Plodding dos iraquianos.

5- O tamanho do exército iraquiano no Kuwait durante a Guerra do golfo, foi provavelmente muito menor do que dito pelo Pentágono. Na véspera da guerra, o Iraque pode ter tido um efetivo de 300.000 soldados, comparados aos 540.000 dito pelo Pentágono.

6- Em relatórios oficiais, o Pentágono admitiu que dos 148 militares e mulheres que morreram em ação no campo de batalha, 24 foram mortos por “fogo amigo”. mais onze americanos morreram munições aliadas explodiram perto deles, elevando o percentual ‘fogo amigo’ para 31.A maioria dos soldados disseram que as milhares de minas não detonadas e pequenas bombas que encontraram, foram mais perigoso do que o fogo inimigo.

7- Em 29 de Janeiro de 1991, uma força iraquiana, tendo aparentemente, dois batalhões de infantaria e um tanque, cruzou a fronteira do Kuwait na frente do Sudeste indo em direção a Khafji, uma cidade Arábia deserta, cerca de 19 km da fronteira. Tomando uma pequena guarnição de Arábes de surpresa, os iraquianos ocuparam a cidade e resistiram aos aliadas por quase dois dias. Nessa batalha 11 marines foram mortos (7 deles por fogo amigo). As perdas iraquianas em homens e equipamentos eram muito mais elevados, no valor de dezenas de mortos e centenas de prisioneiros.