Artigos

O dia em que a Coréia do Norte disparou um míssil contra o SR-71 Blackbird

0
SR-71 Blackbird

Conheça o dia em que a Coréia do Norte tentou abater o SR-71 Blackbird

A Força Aérea dos Estados Unidos desenvolveu na década de 1960 uma aeronave que era capaz de voar mais de três vezes a velocidade do som. Esta aeronave era o SR-71 Blackbird.

Este avião foi utilizado pela Força Aérea dos Estados Unidos desde o ano de 1964 até 1998. No total foram produzidos 32 incríveis SR-71. Doze destes foram perdidos em acidentes; No entanto, nenhuma foi perdida devido à ação do inimigo.


Se, por acaso, algum inimigo tentasse disparar um míssil contra o SR-71, ele simplesmente aumentaria sua velocidade e conseguiria escapar do míssil.

Relógio Militar Delta com FRETE GRÁTIS (Clique na imagem acima). 6x s/juros!

O dia em que o AT-26 Xavante abateu um F-16 da USAF

No entanto, isso não significa que o inimigo não tentou destruir alguma dessa aeronave; Durante o curso de muitas missões (todas de reconhecimento) dentro da guerra de Vietnã, aproximadamente 800 (Míssil terra-ar) foram disparados contra os SR-71s, mas nenhum conseguiu acerte-lo.

Veja essas 140 Fotos da Coreia do Norte

Uma dessas tentativas ocorreu em 1981, quando a Coréia do Norte lançou um míssil guiado russo contra o Blackbird. Esta filmagem mostra esse emocionante encontro e as incríveis habilidades de um SR-71 Blackbird em ação.

No livro de Frederick Forsyth, A Alternativa do Diabo, o personagem Adam Munro, descreve um vôo entre os Estados Unidos e a Russia em um SR-71, com uma tentativa de interceptação por Migs 25-E

Compartilhe este artigo com seus familiares e amigos e discuta sobre o assunto!

Lane Mello
Fundador e Editor da Fatos Militares. Jovem mineiro, apaixonado por História, futebol e Games, Dedica seu tempo livre para fazer matérias ao site.

15 Fatos sobre a invasão nazista da União Soviética

Previous article

10 Fotos surpreendentes mostrando a Batalha da Grã-Bretanha

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Artigos