Assista ao vídeo do ataque que destruiu um tanque T-72 na Síria

O Exército dos EUA liberou um vídeo que mostra um ataque de drone contra um tanque de batalha T-72 de fabricação russa na Síria.

O Pentágono disse que “o tanque estava manobrando com fogo indireto coordenado em uma posição defensiva ocupada pelas Forças Democráticas da Síria (SDF) e conselheiros da Coalizão”.


Outras mídias relataram que os “conselheiros de coalizão” eram forças de operações especiais dos EUA, que são conhecidas por treinar, equipar e lutar ao lado das SDF. O Pentágono disse que nenhum combatente dos EUA ou SDF foi morto pelo tanque.

Relatos generalizados sugerem que empreiteiros militares russos dirigiam o tanque e estiveram por trás de múltiplos ataques contra os EUA e seus aliados na Síria.

A agência Bloomberg informou recentemente que uma batalha maciça com ataques aéreos dos EUA, foguetes e artilharia, matou mais de 200 russos, na defesa de uma posição das SDF.

Assista ao vídeo abaixo:

Sobre o T-72

O T-72 entrou em serviço com o exército soviético em 1973. Um total de 30 000 tanques desse tipo foram produzidos na União Soviética, China, Tchecoslováquia, Índia, Romênia e na Jugoslávia. Foi exportado para cerca de 30 países. No final da década de 1990, a Rússia operava cerca de 9 000 desses principais tanques de batalha.

Na síria, o T-72 é o carro de combate mais numeroso em serviço no exército. Calcula-se que uma parte da frota seja constituída por carros T-72A que ainda não foram convertidos para o novo padrão T-72M.

Não se sabe qual a situação em que se encontra a totalidade da frota de T-72, embora sejam conhecidos programas de modernização dos T-72.


Pentágono libera vídeo de drone destruindo tanque T-72 na Síria
4.3 (86.67%) 3 Voto[s]


Assine nossa Newsletter

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here