ArtigosCuriosidadesMundo

O que aconteceria se Kim Jong-un atacasse a Coréia do Sul?

0
O que aconteceria se Kim Jong-un atacasse a Coréia do Sul?
O que aconteceria se Kim Jong-un atacasse a Coréia do Sul?

Você tem ideia do que aconteceria se Kim Jong-un atacasse a Coréia do Sul? Descubra:

Todos sabem que a Coréia do Sul é dezenas de vezes mais rica do que a Coréia do Norte. Mas apesar do gigante asiático ser uma potência econômica, eles temem severamente o país ditatorial que reside nas mãos de Kim Jong-Un.

O PIB da Coréia do Norte é de 40 bilhões de dólares, enquanto o PIB da Coréia do Sul é de incríveis 1,6 trilhões de dólares. A diferença entre ambos é enorme. Mas ainda assim Kim Jong-Un consegue intimidar o país de primeiro mundo. Isso só é possível pelo fato de que o ditador garante uma enorme fração da receita da Coréia do Norte para o setor bélico.

Veja as 10 maiores potências militares

Kim Jong-un poderia intimidar a Coréia do Sul?

Apesar de toda a pobreza da Coréia do Norte, o fato é que a nação de Kin Jong-un poderia vencer a Coréia do Sul em um conflito militar. E tudo isso graças ao fato dele possuir um exército maior e mais bem equipado. Kim Jong-un conta com armamentos nucleares, e com isso ele seria capaz de aniquilar uma grande parte do território sul coreano.

E é por isso que a Coréia do Sul alimenta tanto medo em relação ao território vizinho. O ditador coreano não costuma tomar decisões muito conscientes, portanto há um grande temor de que algum dia ele decida realizar ataques imprevisíveis.

Hoje a Coréia do Sul está buscando aumentar os investimentos militares para garantir a segurança nacional. Mas se Kim resolvesse atacar os sul coreanos hoje, certamente ele garantiria uma vitória apesar de não ser um conflito fácil, levando-se em conta que a Coréia do Sul possui um exército relativamente forte, mas que ainda assim não seriam páreos para mísseis nucleares hipersônicos.

Clique para classificar este post!
[Total: 2 Média: 5]
felipeblazerz
Redator há mais de 3 anos. Felipe é amante da filosofia e da geopolítica.

    Imbel IA2: O fuzil adotado pelo Exército Brasileiro

    Artigo anterior

    Patentes Militares: Hierarquia militar do Brasil

    Próximo artigo

    Comentários

    Os comentários estão fechados.

    Mais Artigos